REORGANIZAR O PROCESSO DE DOAÇÃO SANGUÍNEA É A CHAVE PARA CATIVAR O DOADOR E REDUZIR DESPERDÍCIOS

Um estudo realizado em São Paulo (SP) comparou o novo método de organização do processo de doação sanguínea – aplicado em 2021 – com dados de um outro modelo utilizado na pré-pandemia, em 2019. A técnica consiste em agendamento prévio por tipo sanguíneo, de acordo com a necessidade do Hemocentro. Assim, oferecendo maior conforto ao doador e menor perda de material perecível.

As adaptações foram adaptadas também com base no novo comportamento exigido durante a pandemia, de reservar horários individuais dos doadores para evitar aglomeração. A partir desta observação, o Hemocentro optou por utilizar definitivamente o padrão de agendamento, de modo a promover maior conforto entre o doador e cativá-los para retornar à medida em que a renovação do estoque fosse necessária.

Desta forma, o Hemocentro Transfusão, na capital paulista, reduziu o desperdício para 1,2% do total (1 a cada 100 bolsas de sangue) em 2021, grande evolução comparada com a taxa de 2018: 14,3% (14 a cada 100 bolsas).

Os resultados exclusivos foram publicados no artigo “Sistematização do processo de agendamento de doação de sangue: evitando aglomerações em tempos de pandemia e controlando o estoque”, da Revista Science. A autoria é da controller do Hemocentro, Verena Isabelle Coelho.

“Com a rotina do serviço e os feedbacks dos doadores, observamos que existia a possibilidade de melhorar o atendimento. Organizamos uma agenda por horário e aprimoramos a gestão do estoque, já que caberia exclusivamente a nós o controle das tipagens e quantidade de doadores agendados por dia”, explica a autora.

“Unimos dois problemas em uma grande solução: mais conforto para quem doa e melhor administração dos insumos para os pacientes. Tanto o hemocentro como os doadores ficam satisfeitos com o resultado. Também levando em consideração a organização do fluxo dos doadores no hemocentro em tempos de pandemia evitando filas e aglomerações”.

 

Revista Science

Este e outros estudos estão disponíveis na sétima edição da Revista Science, que conta com novo conselho editorial, incluindo especialistas renomados, nacionais e estrangeiros.

Publicada trimestralmente, a Science completa o acervo de produtos do IQG, com artigos e estudos sobre gestão e inovação no ambiente hospitalar. Todos os conteúdos podem ser conferidos gratuitamente no link https://www.iqgon.com.br/revista-science

 

Sobre o Instituto Qualisa de Gestão (IQG)

Com atuação marcada pelo pioneirismo, o Instituto Qualisa de Gestão (IQG) está há 25 anos no mercado de acreditação e de gestão da qualidade na área da saúde. Participou da construção e foi a primeira instituição acreditadora na implantação do método da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Em 2022, vem atuando em busca de novos mercados, com o objetivo de levar as suas certificações ONA e por distinção para todo o território nacional e para outros países, consolidando a imagem de referência em qualidade e inovação.

O IQG ainda possui o IQGON, uma plataforma que reúne um grande acervo de conteúdo em gestão para ensino a distância, que combina técnicas inovadoras de ensino e aprendizagem. Seus programas de formação de avaliadores, auditores internos e gestores clínicos já formaram mais de 85 mil profissionais de todo o Brasil.

[ voltar ]
Menu