EM CAMPINAS, TRABALHO INTEGRADO MELHORA O RESULTADO DO TRATAMENTO OFERECIDO A PACIENTES COM QUEIMADURAS

O trabalho de uma equipe multiprofissional foi a solução desenvolvida pela Irmandade de Misericórdia de Campinas para melhorar os resultados no Centro de Tratamento de Queimaduras (CTQ).

Através do cruzamento de dados, a equipe considera os fatores de risco envolvidos em cada caso, possibilitando soluções mais assertivas em termos de tratamento e acompanhamento pós-alta.

Além disso, a gestão multiprofissional também contempla a saúde mental da equipe, que pode ser impactada na interação com os pacientes dentro e fora do ambiente de trabalho. Com isso, foi possível aumentar a qualidade do cuidado, a segurança do paciente e o bem-estar dos profissionais.

O relato de experiência foi compartilhado pela coordenadora da equipe multiprofissional da Irmandade de Misericórdia de Campinas, Sandra Almeida, e publicado com exclusividade pela Revista Science. “Todas essas especialidades já existiam e já atendiam ao paciente. A diferença é que passamos a discutir e cuidar dos casos de forma colaborativa e transdisciplinar. O projeto terapêutico de cada paciente, previa o acompanhamento psicológico para os momentos pré e pós-cirurgia, além do acompanhamento de assistência social para entender o trabalho desse indivíduo e como seria a vida profissional dele dali para a frente”, esclarece Sandra.

Atuando tanto no Hospital Irmãos Penteado, quanto na Santa Casa de Campinas (SUS), o CTQ chegou a uma metodologia de trabalho que pode ser replicada em qualquer contexto, com devidas adaptações, explica Sandra. “Claro que precisa muito do envolvimento dos gestores, porque tudo começa na gestão: o favorecimento de processos seletivos, contratação e treinamento de profissionais. Mas todo esse investimento educacional apresenta resultados. Não aqueles que medimos estritamente de forma quantitativa, mas qualitativamente também. Porque tratar, a gente pode tratar a ferida. Mas cuidar, a gente cuida do paciente. De todos os aspectos da vida dele, de maneira igual, no sistema público ou particular”, conclui.

 

O relato feito pela equipe multiprofissional da Irmandade de Misericórdia de Campinas foi publicado com exclusividade na última edição da Revista Science, uma iniciativa do Instituto Qualisa de Gestão (IQG).

 

Publicada trimestralmente, a Science completa o acervo de produtos do IQG, com artigos e estudos sobre gestão e inovação no ambiente hospitalar. Todos os conteúdos podem ser conferidos gratuitamente no link https://www.iqgon.com.br/revista-science

Sobre o Instituto Qualisa de Gestão (IQG)

Com atuação marcada pelo pioneirismo, o Instituto Qualisa de Gestão (IQG) está há 25 anos no mercado de acreditação e de gestão da qualidade na área da saúde. Participou da construção e foi a primeira instituição acreditadora na implantação do método da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Em 2022, vem atuando em busca de novos mercados, com o objetivo de levar as suas certificações ONA e por distinção para todo o território nacional e para outros países, consolidando a imagem de referência em qualidade e inovação.

O IQG ainda possui o IQGON, uma plataforma que reúne um grande acervo de conteúdo em gestão para ensino a distância, que combina técnicas inovadoras de ensino e aprendizagem. Seus programas de formação de avaliadores, auditores internos e gestores clínicos já formaram mais de 85 mil profissionais de todo o Brasil.

[ voltar ]
Menu